Skip to content

Dia 07/dez o “Quinteto Lorenzo Fernandez” encerra a temporada 2017 da Série Música de Primeira.

15 de novembro de 2017

Cortada

No próximo dia 07 de dezembro a Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro  receberá o Quinteto Lorenzo Fernandez, na Série Música de Primeira. Fruto do encontro entre talentosos músicos, atuantes no cenário da música de concerto, o grupo que nasceu como resultado do trabalho desenvolvido no Quinteto Experimental de Sopros da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é o retrato da nova geração da música de concerto brasileira, promete emocionar, a plateia.  E não é por menos! Formado em 2011, o grupo tem como principal missão apresentar música brasileira para quinteto de sopros, sempre com humor e virtuosismo, celebrando assim, carioquices de todos os tempos, dos mais jovens, como Azael Neto e Rodrigo Marconi, que compuseram peças especialmente para o grupo, à tradição de Lorenzo Fernandez, patrono do quinteto.
Com Rômulo José (flauta); a niteroiense Juliana Bravim (oboé); César Bonan (clarineta); Alessandro Jeremias (trompa) e Jeferson Souza (fagote),  o quinteto de sopros já acumula prêmios importantes, como o Festival de Música Rádios MEC e Nacional (2016), como “Melhor Intérprete Música Instrumental”, com a “Maxixando na Pracinha”; Grupo Revelação Rádio MEC FM Sala de Concerto de Gala (2013), em homenagem aos 30 anos da Rádio MEC-FM e também em comemoração aos 90 anos do Rádio no Brasil; segundo lugar no II Concurso de Música de Câmara do V Furnas Geração Musical e 50° Festival Villa-Lobos, ambos em 2012, além de  ocupar entre 2014 – 2015, Grupo Residente da Academia Brasileira de Música.
No currículo além dos prêmios, um CD já lançado intitulado “Música Carioca de Concerto – Quintetos de Sopro”, que reúne obras de compositores do circuito erudito da cidade, como Ricardo Tacuchian, Thiago Sias, Rudi Garrido, Azael Neto, Rodrigo Marconi e Sergio Roberto de Oliveira, que também assinou a produção do disco – e, outro em andamento, o grupo participou dos mais  importantes e diversos eventos do cenário da música erudita, como: II e III Festivais Brasil-Alemanha da UFRJ, UNI-RIO e Escola Superior de Música deKarlsruhe, Alemanha, Série Talentos UFRJ Homenagem ao compositor Raphael Batista, 48º Festival Villa-Lobos, Seminário “A atualidade da obra de Auguste-Maria Glaziou”, I e II Festival Internacional de Instrumentos de Sopro da série “Música no Museu”, Congressos do Instituto Nacional de Tecnologia, e ainda realização de concertos na Sala Baden Powell, no Salão Leopoldo Miguez, Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, Museu Villa-Lobos, Sala Villa-Lobos da UNI-RIO, foyer da EM-UFRJ, Auditório do Roxinho, Salão Azul e tendas no Campus da UFRJ, na Ilha do Fundão. O leque de apresentações do Quinteto também inclui locais pouco comuns, como a Estação Araribóia, Barcas, em Niterói e os jardins do Museu da República, no bairro do Catete, atingindo assim dos mais diversos públicos, tanto os habitués de salas de concerto, como pessoas que de outra maneira, não os encontrariam.
Série Música de Primeira
A Série Música de Primeira prioriza concertos de câmara, apresentando músicos de expressão no cenário local, nacional e internacional.  Há quase dez anos o projeto vem acumulando um repertório de concertos históricos que marcaram sua trajetória, e acontece toda primeira quinta-feira dos meses de março a dezembro, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, sempre às 19h30m.
Para o projeto “Série Música de Primeira”, o grupo promete emocionar a plateia niteroiense, da mesma forma, que vem arrancando aplausos nos concertos realizados recentemente no Rio, como  no Teatro Municipal Ziembinski , Teatro Municipal Baden Powell, Sala Cecília Meirelles, Memorial Getúlio Vargas, Igreja da Candelária, entre outros.
https://www.facebook.com/quintetolorenzofernandez/

 

Programa:

  • PICCOLO DIVERTIMENTO op. 111- José Carlos Amaral Vieira(1978)
  • QUINTTET EN UT- Claude Arrieu(1903-1990)
    • I.Allegro
    • II.Andante
    • III.Allegro Scherzando
    • IV. Adagio
    • V.Allegro Vivace
  • LEVAÇÃO- Isaías Ferreira
    • I.Nazareth
    • II.Flauta Solo
    • III.Nordestina
  • SUÍTE PARA QUINTETO DE SOPROS op.37- Oscar Lorenzo Fernandez(1897-1948)
    • I.Pastoral(Crepúsculo no Setão)
    • II.Fuga( Sacy- Pererê)
    • III. Canção( Canção da Madrugada)
    • IV. Scherzo( Alegria da Manhã)
  • QUE VALSA É ESSA?!- Isaías Ferreira(Estreia)
  • MAXIXANDO NA PRACINHA- Isaías Ferreira

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 87º

Grupo: Quinteto Lorenzo Fernandez

Rômulo Barbosa, flauta
Juliana Bravim, oboé
Cesar Bonan, clarineta
Alessandro Jeremias, trompa
Jeferson Souza, fagote

Data: 07/dez/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Anúncios

Duo Areias-Ujakova na Série Música de Primeira

8 de outubro de 2017

João Tromb IMG_8695 (2)Tamara recortada

A edição de 09/novembro/17 da Série Música de Primeira traz ao seu estimado público mais um concerto com uma formação pouco comum em nossas salas de concerto. Trata-se do duo de trombone e órgão, apresentado pelo Duo Areias-Ujakova.

A Série Música de Primeira prioriza concertos de câmara, apresentando músicos de expressão no cenário local, nacional e internacional. Em seu nono ano, tem acumulado um repertório de concertos históricos que marcaram sua trajetória. A SMP acontece toda primeira quinta-feira dos meses de março a dezembro, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, sempre às 19:30h.

Duo Areias- Ujakova:

Formado pelo trombonista João Luiz Areias e a organista Tamara Ujakova , o Duo Areias–Ujakova tem como objetivo divulgar a música de câmara e incentivar o desenvolvimento de um repertório brasileiro para esta formação.

O duo abrange uma gama de possibilidades em seu repertório. A variedade estilística é explorada do barroco à música contemporânea, tendo obras de compositores de grande importância na música universal, como Franz Liszt, Gustav Holst, Alexandre Guilmant entre outros.

Histórico:

João Luiz Areias – Trombone é professor da UNIRIO,  obteve seu bacharelado pela UFRJ e Mestrado pela UNIRIO. Ministrou cursos nos mais importantes festivais de música do Brasil, e foi Presidente da Associação Brasileira de Trombonistas (2003/2007) além de atuar como membro do Board of Advisers da International Trombone Association. Atualmente é 1º trombone da Orquestra Petrobras Sinfônica, e como camerista lançou o CD “Tributo a Gilberto Gagliardi” com o Quarteto Brasileiro de Trombones e junto ao Art Metal Quinteto o CD “Henrique Alves de Mesquita Músico do Império do Brasil” (2013). Em 2011 estreou a “Sonata para Trombone e orquestra” de Alexandre Schubert com a Orquestra Petrobras Sinfônica, obra dedicada no ano de 2010. Em 2013, participou como solista da primeira gravação do Réquiem de W.A. Mozart com instrumentos originais realizada na América Latina junto a Orquestra Barroca do XXIV Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora, além de organizar e coordenar o I, II e III Festival Internacional de Trombone da UNIRIO. Foi o responsável pelo artigo em homenagem ao Trombonista Radegundis Feitosa “Remembering Radegundis” publicado na ITA Journal (2014). Na Música popular se destaca pela participação em musicais (Company, Ópera do Malandro, Orfeu da Conceição, Hello Dolly, Como vencer na vida sem fazer força, Crazy for you, e outros) em gravações e shows com grandes nomes da MPB, como exemplo, Chico Buarque, Edu Lobo, Emílio Santiago, Bibi Ferreira, Hebe Camargo, Fafá de Belém, Zeca Pagodinho entre outros.

Tamara Ujakova – Orgão é carioca e obteve o grau de Bacharel em Piano e Órgão e Mestre em Música pela UFRJ. Seus estudos pianísticos foram conduzidos por renomados professores no Brasil como Myryan Dauelsberg, Arnaldo Cohen, Míriam Ramos, Esther Naiberger e Glória Maria da Fonseca Costa.

Detentora de vários prêmios em concursos nacionais tais como Solistas da OSB, Concurso Lorenzo Fernandez e Nacional de Piano Arnaldo Estrela, alcançou uma posição de destaque entre a nova geração de pianistas brasileiros por suas atuações com diversas orquestras e por suas apresentações como solista e camerista em todo o país. É uma artista de temperamento e interpretações vigorosas, principalmente dos autores russos e eslavos, tendo participado do International Bartók Festival na Hungria.

Atualmente, leciona na Escola de Música da UFRJ e vem se apresentando em diversas salas do cenário cultural carioca como Centro Cultural Banco do Brasil, Espaço Cultural Finep, Palácio da Cidade, Fórum de Ciências e Cultura da UFRJ, Teatro da UFF, Instituto Brasileiro de Cultura Hispânica e Casa de Cultura da Universidade Estácio de Sá.

Participou da premiada ópera de câmara Domitila, a Marquesa de Santos, apresentada sob encomenda do CCBB no ano passado e atualmente forma um sofisticado duo de piano a harpa com Cristina Braga (que se apresentou no Municipal de Niterói em junho do ano passado).

Programa:

TELEMANN, G. P. – CONCERTO IN F FOR TROMBONE AND ORGAN 

LISZT, F. – HOSANNAH! CHORAL FOR TROMBONE AND ORGAN

GUILMANT,  A.  – MORCEAU SYMPHONIQUE

KROL, B. – SINFONIA SACRA

HOLST,  G.  –  DUO CONCERTANTE FOR TROMBONE AND ORGAN

NAULAIS, J.   – TRINITY FOR TROMBONE ENSEMBLE AND ORGAN

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 86º

Grupo: Duo Areias-Ujakova

João Luiz Areias – Trombone

Tamara Ujakova – Orgão

Data: 09/nov/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

 

“Hoodoos Images”, por Duo Sá de Percussão na Série Música de Primeira.

18 de setembro de 2017
JanaínaPedro19

Foto: Julia Ronai

O Duo Sá de Percussão, Pedro Sá e Janaína Sá, percussionistas, apresentam o concerto Hoodoos Images” na edição de 05 de outubro da Série Música de Primeira. Com uma formação inusitada promete uma performance rara e momentos de surpresa no deleite musical.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, de março a dezembro, trazendo concertos e performances de alta qualidade musical, gratuitos, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

Concerto “Hoodoos Images”

 PROGRAMA

  • Michael Udow – Sandsteps I
  • Michael Udow – Hoodoos Images (primeira audição mundial)
  • José Orlando Alves – Insinuâncias
  • Luiz D’Anunciação – Dança para Pandeiro Brasileiro e Oboe (versão para vibrafone)
  • John Bergamo – Piru Bole
  • D’Anunciação – Duo Pandeiro Brasileiro e Xilofone(dedicado ao Duo Sá)

Release:

Duo Sá de Percussão, Pedro Sá e Janaína Sá, percussionistas, iniciaram os estudos musicais com Luiz D’Anunciação, decano da percussão no Brasil, especializando-se posteriormente nos Estados Unidos, Japão e Alemanha. Mestres em Música pela Unirio, são professores de percussão da UFRJ e atuam no cenário camerístico desde 2004. O Duo Sá é o único duo brasileiro de percussão a se apresentar por dois anos seguidos na PASIC(Percussive Arts Society International Convention), o maior e mais prestigioso “evento” de percussão do mundo, em 2015, em San Antonio, Texas, com tanto sucesso que foram convidados a ministrar palestra no ano seguinte, quando retornaram, em Indianapolis, para apresentar symphonic-clinic sobre a percussão em Villa-Lobos. Em 2016 o Duo se juntou ao Duo Bretas-Kevorkian para interpretar a emblemática Sonata para Dois Pianos e Percussão, de Béla Bartók, na Sala Cecília Meireles. Os concertos do Duo Sá não se restringem somente em apresentar instrumentos que podem ser percutidos com baquetas diversas ou com as mãos; o duo também fricciona, chacoalha, fala e até assopra, demonstrando que a percussão pode ser ilimitada em termos de possibilidades sonoras, utilizando desde buzinas até os tradicionais vibrafones e gongos tailandeses, com bastante ecletismo. A obra Hoodoos Images, escrita e dedicada ao duo pelo percussionista-compositor Michael Udow, é o tema deste concerto, pois é fruto da constante colaboração que a dupla tem com compositores, com o intuito de contribuir com a expansão e desenvolvimento do repertório para essa formação. Hoodoos será apresentada em primeira audição mundial pelo Duo Sá de Percussão na Série Música de Primeira 2017.

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 85º

Grupo: DUO SÁ DE PERCUSSÃO

Concerto: “HOODOOS IMAGES”

Data: 05/out/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Gravidades Trio na edição de setembro da Série Música de Primeira.

9 de agosto de 2017

Gravidades_Foto_JuliaRonai Recortado

A Série Música de Primeira apresenta na edição de setembro, excepcionalmente  na sexta-feira15 de setembro de 2017  às 19:30h, o Gravidades Trio.

Formação inusitada, promete momentos de grande emoção aos amantes dos timbres graves, com uma execução singular, representando este programa especial para nossos expectadores.

Nesta edição de setembro a Série Música de Primeira terá seu dia de concerto alterado, da tradicional primeira quinta-feira do mês para a terceira sexta-feira do mês.

Foto de Julia Ronai

Release

Carlos Bertão é bacharel em fagote pela UFRJ, tendo estudado com Aloysio Fagerlande e, anteriormente, com Noel Devos. Integrou a Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem, de 2006 a 2010 e o Quinteto Experimental de Sopros da UFRJ, de 2009 até 2011. Foi solista diante de algumas orquestras, como a Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem. Integra a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal desde 2014.

Desenvolveu pesquisa de mestrado sobre a obra para fagote de Francisco Mignone, defendendo a dissertação “Sonatina para fagote solo, de Francisco Mignone: abordagens sociais, históricas e interpretativas para uma performance”, que se desdobrou também na primeira gravação mundial da obra enfocada, realizada em CD pelo selo EM-UFRJ.

Foi semifinalista do Concurso Jovens Solistas Nelson Freire, em 2010 e representou o Brasil em festivais internacionais como o Jeunes Virtuoses de Ennehjma Ezzahra, em Sidi Bou Said, na Tunísia (2010), entre outros.

Leonardo de Uzeda graduou-se em contrabaixo pela UFRJ em 1995. Frequentou os cursos técnicos em contrabaixo sob a orientação do professor Sandrino Santoro na Unirio de 1987 a 1989, e na UFRJ a partir de 1989 até seu ingresso na graduação. Conquistou o primeiro lugar na categoria contrabaixo no XI Concurso Jovens Instrumentistas Brasil 1991, realizado na Escola de Música de Piracicaba, em São Paulo, e no IV Concurso Nacional de Cordas Pró Música de Juiz de Fora 1991, realizado na Sociedade Pró Música de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Foi contrabaixista da UFRJazz Ensamble desde a sua fundação em 1997 até 2000, participando da gravação do CD “Jazz na Universidade” sob a regência do maestro José Rua. Em conjunto com colegas músicos, fundou, em 2008, a Cia. Versátil de Música, que, com a realização da ópera King Arthur de Henry Purcell na Sala Cecília Meireles, foi notorizada entre os 10 melhores concertos do ano pelo jornal O Globo.

É músico estatutário da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Estado do Rio de Janeiro desde 1993 e está III Solista do naipe de contrabaixos. Em 2016 fundou o Gravidades Trio com Carlos Bertão e Jésus Figueiredo.

Jésus Figueiredo é Maestro Titular do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde trabalha desde 1999 atuando também com a Orquestra Sinfônica na preparação de Óperas e na regência de concertos e balés. É bacharel em Regência Orquestral, em Órgão de Tubos e Mestre em Acústica Musical pela Escola de Música da UFRJ, onde tem sido, por diversas oportunidades, Professor Substituto de Regência Orquestral.

Em 2010, ganhou o prêmio de primeiro lugar em regência de ópera na 4ª Edição do Concurso Nacional da Ópera de San Juan, na Argentina.  Já regeu diversas orquestras como a de Câmara do Amazonas, a Sinfônica de Minas Gerais, a Orquestra Filarmônica do Ceará, a Sinfônica de Barra Mansa, a Acadêmica   do   Teatro   Colón   de  Buenos  Aires, a da Universidade Nacional de Cuyo (Argentina), a da Ópera de San Juan  (Argentina), a Sinfônica da UFRJ, a Sinfônica Nacional da UFF, a Sinfônica Brasileira e a Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, entre outras.

Estudou regência com Roberto Duarte, Ernani Aguiar, Roberto Farias, Guillermo Scarabino (Argentina), Isaac Karabtchevsky e Kurt Masur. Como organista, foi aluno de Alexandre Rachid e teve aulas também com Gregory Hand (EUA). Em  2013, assumiu a Direção Musical e Regência Titular do Coro da Associação de Canto Coral, que tem se mantido com grande destaque no cenário musical brasileiro. Em 2014 assumiu a direção musical do projeto Ópera do Meio-Dia no Theatro Municipal, levando ao público seis diferentes títulos naquela temporada. E em 2016, deu início ao estudo em cooperação com a Fundação Getúlio Vargas sobre a Cadeia Produtiva da Música Clássica no Brasil.

PROGRAMA

Joseph Bodin de Boismortier (1689- 1755)

Sonata em mi menor, Op. 50, n. 1

  1. Staccato
  2. Allemanda: Allegro
  3. Aria: affetvoso
  4. Gavotta: Presto

Georg Philip Telemann (1681-1767)

Sonata em fá menor, TwV 41: f1 do Getreue Music-Meister

  1. Triste
  2. Allegro
  3. Andante
  4. Vivace

Antonio Lucio Vivaldi (1678-1741)

Sonata em lá menor, RV 44

  1. Largo
  2. Allegro poco
  3. Largo
  4. Allegro

Michel Corrette (1707-1795)

Sonata em ré menor, nº 2, de Les delices de la solitude, op. 20

  1. Allegro
  2. Aria I: Affetuoso. Aria II.
  3. Allegro staccato

 

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 84º

Grupo: GRAVIDADES TRIO

Carlos Bertão (fagote)

Leonardo de Uzeda (contrabaixo)

Jésus Figueiredo (órgão)

Data: 15/set/2017, sexta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Duo Santoro na Série Música de Primeira

11 de julho de 2017

DUO SANTORO

Duo Santoro - foto - crédito Stefano Aguiar (10)Paulo e Ricardo Santoro, violoncelos, Iniciaram os estudos musicais com o seu pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Em 1989, graduaram-se pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude, e hoje são mestres pela UFRJ e UNIRIO. Pertencem aos quadros da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Sinfônica da UFRJ, onde já se apresentaram várias vezes como solistas, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como trios, quartetos e outros duos.

Considerado “um dos maiores sucessos da música erudita brasileira” pelo Jornal O Globo, o Duo Santoro é um dos conjuntos mais elogiados pela crítica especializada.

Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais incluem um leque eclético de estilos, que vai do erudito ao popular. Uma das principais metas do Duo Santoro é a divulgação da música brasileira. Para isso, contam com a colaboração de vários compositores, que dedicaram algumas de suas principais obras ao Duo.

Por unanimidade, Paulo e Ricardo Santoro receberam da “União Brasileira de Escritores” os prêmios PERSONALIDADE CULTURAL do ano de 1995 e MEDALHA DO MÉRITO CULTURAL de 2014, além das condecorações “MEDALHA DE OURO” e “MEDALHA DE PRATA”, conferidas pela Escola de Música da UFRJ em 1992.

Nas comemorações dos seus vinte anos, se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York.

Em 2013, lançaram o seu primeiro CD, “Bem Brasileiro”, totalmente dedicado a compositores brasileiros do século XX e contemporâneos, obtendo grande repercussão na imprensa nacional e internacional. Em 2017, lançaram seu segundo CD, “Paisagens Cariocas”, dedicado à música brasileira erudita e popular.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, de março a dezembro, trazendo concertos e performances de alta qualidade musical, gratuitos, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

Programa

 SERGIO ROBERTO DE OLIVEIRA, AOS SANTOS ORO*

    • Fughetta
    • Oração
    • Júbilo
  • RONALDO MIRANDA, DIÁLOGOS*
    • Preâmbulo
    • Desafio
  • DIMITRI CERVO, PEDRO E MARCELA*
  • RICARDO TACUCHIAN, MOSAICOS II*
  • ADRIANO GIFFONI, SANDRINO NO CHORO
  • OSWALDO CARVALHO, PAISAGENS CARIOCAS*
    • Estação Candelária
    • Estação Arcos da Lapa
    • Estação Feira de São Cristóvão
  • HEITOR VILLA-LOBOS, O TRENZINHO DO CAIPIRA
    • *Música dedicada ao Duo Santoro

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 83º

Grupo: DUO SANTORO – Violoncelos

Concerto: LANÇAMENTO DO CD “PAISAGENS CARIOCAS”

Data: 03/ago/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Trio Capitu na Série Música de Primeira.

20 de junho de 2017

A Série Música de Primeira traz no mês de julho o Trio Capitu.

Foto: Leo Aversa - Crédito obrigatório.Com nome inspirado na mais famosa personagem de Machado de Assis e formação original, o grupo reúne jovens musicistas, com experiências em grandes orquestras: Débora Nascimento (fagote), Janaína Perotto (oboé) e Sofia Ceccato (flauta). Bem recebido pela crítica e o público dos centros culturais e festivais espalhados pelo Brasil, desde que surgiu em 2012, o virtuoso e criativo Trio Capitu foi finalista do Prêmio da Música Brasileira de 2016, na categoria “Revelação”, pelo álbum de estreia, “Novos ventos”. Revigorando a música de câmara e reavivando a combinação singular de seus instrumentos, apresenta o rico repertório para esta formação e obras de novos compositores brasileiros, em arranjos especiais.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira nos meses de março a dezembro, apresentando concertos gratuitos com músicos e grupos com destaque nos cenários nacionais e internacionais.

Programa:

Anderson Alves                                               Divertimento para Trio (2011) – Variações

Joseph Haydn                                                   London Trio no.1

  • Allegro moderato
  • Andante
  • Finale – Vivace

Mário Tavares

I – Trio em forma de choro (1976)

II – Moda Antiga

III – Fughetta (Bate-papo a três)

Marcos Lucas                                                                                                  Ariel (2013)

I – Intrada

II –  Scherzo

III – Finale: dança

Tom Jobim (arr. Fernando Vilela)                                                            Chovendo na Roseira

Chiquinha Gonzaga(arr. Isaias Ferreira)                                Atraente/Lua Branca/Gaúcho

Pixinguinha (ar. Isaías Ferreira).                                               Lamentos

 

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 82º

Grupo: TRIO CAPITU

Débora Nascimento (fagote)

Janaína Perotto (oboé)

Sofia Ceccato (flauta)

Data: 06/jul/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

 

SMP apresenta a pianista Lucy Ferreira Rempel.

16 de maio de 2017

Para este concerto Lucy Rempel preparou um repertório eclético, permeando entre obras clássicas e sacros tradicionais em arranjos próprios. Esta edição da Série Música de Primeira ocorrerá em 01 de junho de 2017, às 19:30h na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira entre março e dezembro, apresentando músicos de expressão no cenário brasileiro e mundial.

PROGRAMA

J. S. Bach (1685-1750) – Concerto Italiano

.Allegro

.Andante

.Presto

Phillip Paul Bliss (1838-1876) – Sou Feliz

William Steffe (1830–1890) – Vencendo vem Jesus

H. Oswald Il (1852-1931) – Neige!…

F. Liszt (1811-1886) – Estudo de Concerto n.3 – Un Sospiro

A. Showalter/G.Gershwin (1858-1924 / 1898-1937) – Descansando no Poder de Deus Piano e Clarineta

Márcio Pereira (1963 – ) – Meu Prazer Piano, violoncelo e violino

F. Chopin (1810-1849) – Polonaise n. 53 (Heróica)

 

Arranjos: Lucy Ferreira Rempel

Violino: Daniel Albuquerque

Violoncelo: Fábio Coelho

Clarinete: Batista Jr.

Histórico:

PIANISTA LUCY FERREIRA REMPEL Lucy é Mestre em Música (piano) pela UFRJ. Ao longo de sua carreira, tem se apresentado em importantes salas de concerto no Brasil, Austrália e Estados Unidos, além de aperfeiçoar-se com pianistas de renome na Inglaterra. No Brasil, recebeu significativos prêmios em diversos concursos nacionais e sul- americanos e atuou como solista de importantes orquestras como a Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da USP, Orquestra do Conservatório Brasileiro de Música, Orquestra Sinfônica de São José dos Campos, entre outras, sob a regência de maestros como Carlos Veiga, Ronaldo Bologna, e Roberto Duarte. Dentre as principais salas de concerto brasileiras onde tem se apresentado estão o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Sala Cecília Meireles (RJ), Teatro da UFF (RJ), e Teatro São Pedro (Porto Alegre). Nos EUA, atuou como docente do curso de Piano da Universidade Pensacola Christian College (Florida). Na Austrália lecionou Piano na Somerton Baptist, em Adelaide, e nessa mesma cidade deu recitais solo em salas de concerto como o St. Mark’s College e Jurlique Recital Hall, além de diversos recitais divulgando seu CD . Sua atuação com grupos camerísticos inclui concertos com a violinista americana Mary Ann Moe, e a pianista russa Olga Lazareva (Piano a 4 mãos), além do trio Toccata com o fagotista Isaac Santana e o clarinetista Anderson Menezes. Além de concertista, Lucy é, também, arranjadora e professora de piano. Lançou 2 cds, e 4 livros de arranjos para piano de repertório sacro e, além da realização de uma turnê pelo sul do Brasil, tem dado recitais e ministrado cursos em diversas cidades brasileiras, alguns dos quais, em instituições como as Universidades Federal de Sergipe e Estadual da Bahia. Em sua tese de mestrado, desenvolveu intensa pesquisa sobre as relações da técnica de execução e o acometimento de danos ocupacionais no pianista e anos mais tarde lançou o livro ‘A Arte de Fazer Música sem Dor’ , onde adapta e desenvolve o assunto de sua tese. Dentre os pianistas com quem aperfeiçoou-se estão Míriam Grosman, Sônia Goulart, Gilberto Tinetti (Brasil), Daisy de Lucca (EUA), Stefan Ammer (Austrália), e Norma Fischer e Murray McLachlan (Inglaterra).

SERVIÇO:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 81º

Grupo: Lucy Ferreira Rempel 

Piano: Lucy Ferreira Rempel

Data: 01/jun/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br