Skip to content

Gravidades Trio na edição de setembro da Série Música de Primeira.

9 de agosto de 2017

Gravidades_Foto_JuliaRonai Recortado

A Série Música de Primeira apresenta na edição de 15 de setembro de 2017 (sexta-feira), às 19:30h, o Gravidades Trio.

Formação inusitada, promete momentos de grande emoção aos amantes dos timbres graves, com uma execução singular, representando este programa especial para nossos expectadores.

Nesta edição de setembro a Série Música de Primeira terá seu dia de concerto alterado, da tradicional primeira quinta-feira do mês para a terceira sexta-feira do mês.

 

 

 

Foto de Julia Ronai

Release

Carlos Bertão é bacharel em fagote pela UFRJ, tendo estudado com Aloysio Fagerlande e, anteriormente, com Noel Devos. Integrou a Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem, de 2006 a 2010 e o Quinteto Experimental de Sopros da UFRJ, de 2009 até 2011. Foi solista diante de algumas orquestras, como a Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem. Integra a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal desde 2014.

Desenvolveu pesquisa de mestrado sobre a obra para fagote de Francisco Mignone, defendendo a dissertação “Sonatina para fagote solo, de Francisco Mignone: abordagens sociais, históricas e interpretativas para uma performance”, que se desdobrou também na primeira gravação mundial da obra enfocada, realizada em CD pelo selo EM-UFRJ.

Foi semifinalista do Concurso Jovens Solistas Nelson Freire, em 2010 e representou o Brasil em festivais internacionais como o Jeunes Virtuoses de Ennehjma Ezzahra, em Sidi Bou Said, na Tunísia (2010), entre outros.

Leonardo de Uzeda graduou-se em contrabaixo pela UFRJ em 1995. Frequentou os cursos técnicos em contrabaixo sob a orientação do professor Sandrino Santoro na Unirio de 1987 a 1989, e na UFRJ a partir de 1989 até seu ingresso na graduação. Conquistou o primeiro lugar na categoria contrabaixo no XI Concurso Jovens Instrumentistas Brasil 1991, realizado na Escola de Música de Piracicaba, em São Paulo, e no IV Concurso Nacional de Cordas Pró Música de Juiz de Fora 1991, realizado na Sociedade Pró Música de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Foi contrabaixista da UFRJazz Ensamble desde a sua fundação em 1997 até 2000, participando da gravação do CD “Jazz na Universidade” sob a regência do maestro José Rua. Em conjunto com colegas músicos, fundou, em 2008, a Cia. Versátil de Música, que, com a realização da ópera King Arthur de Henry Purcell na Sala Cecília Meireles, foi notorizada entre os 10 melhores concertos do ano pelo jornal O Globo.

É músico estatutário da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Estado do Rio de Janeiro desde 1993 e está III Solista do naipe de contrabaixos. Em 2016 fundou o Gravidades Trio com Carlos Bertão e Jésus Figueiredo.

Jésus Figueiredo é Maestro Titular do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde trabalha desde 1999 atuando também com a Orquestra Sinfônica na preparação de Óperas e na regência de concertos e balés. É bacharel em Regência Orquestral, em Órgão de Tubos e Mestre em Acústica Musical pela Escola de Música da UFRJ, onde tem sido, por diversas oportunidades, Professor Substituto de Regência Orquestral.

Em 2010, ganhou o prêmio de primeiro lugar em regência de ópera na 4ª Edição do Concurso Nacional da Ópera de San Juan, na Argentina.  Já regeu diversas orquestras como a de Câmara do Amazonas, a Sinfônica de Minas Gerais, a Orquestra Filarmônica do Ceará, a Sinfônica de Barra Mansa, a Acadêmica   do   Teatro   Colón   de  Buenos  Aires, a da Universidade Nacional de Cuyo (Argentina), a da Ópera de San Juan  (Argentina), a Sinfônica da UFRJ, a Sinfônica Nacional da UFF, a Sinfônica Brasileira e a Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, entre outras.

Estudou regência com Roberto Duarte, Ernani Aguiar, Roberto Farias, Guillermo Scarabino (Argentina), Isaac Karabtchevsky e Kurt Masur. Como organista, foi aluno de Alexandre Rachid e teve aulas também com Gregory Hand (EUA). Em  2013, assumiu a Direção Musical e Regência Titular do Coro da Associação de Canto Coral, que tem se mantido com grande destaque no cenário musical brasileiro. Em 2014 assumiu a direção musical do projeto Ópera do Meio-Dia no Theatro Municipal, levando ao público seis diferentes títulos naquela temporada. E em 2016, deu início ao estudo em cooperação com a Fundação Getúlio Vargas sobre a Cadeia Produtiva da Música Clássica no Brasil.

PROGRAMA

Joseph Bodin de Boismortier (1689- 1755)

Sonata em mi menor, Op. 50, n. 1

  1. Staccato
  2. Allemanda: Allegro
  • Aria: affetvoso
  1. Gavotta: Presto

 

Georg Philip Telemann (1681-1767)

Sonata em fá menor, TwV 41: f1 do Getreue Music-Meister

  1. Triste
  2. Allegro
  • Andante
  1. Vivace

 

Antonio Lucio Vivaldi (1678-1741)

Sonata em lá menor, RV 44

  1. Largo
  2. Allegro poco
  • Largo
  1. Allegro

 

Michel Corrette (1707-1795)

Sonata em ré menor, nº 2, de Les delices de la solitude, op. 20

  1. Allegro
  2. Aria I: Affetuoso. Aria II.
  • Allegro staccato

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 84º

Grupo: GRAVIDADES TRIO

Carlos Bertão (fagote)

Leonardo de Uzeda (contrabaixo)

Jésus Figueiredo (órgão)

Data: 14/set/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Duo Santoro na Série Música de Primeira

11 de julho de 2017

DUO SANTORO

Duo Santoro - foto - crédito Stefano Aguiar (10)Paulo e Ricardo Santoro, violoncelos, Iniciaram os estudos musicais com o seu pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Em 1989, graduaram-se pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude, e hoje são mestres pela UFRJ e UNIRIO. Pertencem aos quadros da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Sinfônica da UFRJ, onde já se apresentaram várias vezes como solistas, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como trios, quartetos e outros duos.

Considerado “um dos maiores sucessos da música erudita brasileira” pelo Jornal O Globo, o Duo Santoro é um dos conjuntos mais elogiados pela crítica especializada.

Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais incluem um leque eclético de estilos, que vai do erudito ao popular. Uma das principais metas do Duo Santoro é a divulgação da música brasileira. Para isso, contam com a colaboração de vários compositores, que dedicaram algumas de suas principais obras ao Duo.

Por unanimidade, Paulo e Ricardo Santoro receberam da “União Brasileira de Escritores” os prêmios PERSONALIDADE CULTURAL do ano de 1995 e MEDALHA DO MÉRITO CULTURAL de 2014, além das condecorações “MEDALHA DE OURO” e “MEDALHA DE PRATA”, conferidas pela Escola de Música da UFRJ em 1992.

Nas comemorações dos seus vinte anos, se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York.

Em 2013, lançaram o seu primeiro CD, “Bem Brasileiro”, totalmente dedicado a compositores brasileiros do século XX e contemporâneos, obtendo grande repercussão na imprensa nacional e internacional. Em 2017, lançaram seu segundo CD, “Paisagens Cariocas”, dedicado à música brasileira erudita e popular.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, de março a dezembro, trazendo concertos e performances de alta qualidade musical, gratuitos, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

Programa

 SERGIO ROBERTO DE OLIVEIRA, AOS SANTOS ORO*

    • Fughetta
    • Oração
    • Júbilo
  • RONALDO MIRANDA, DIÁLOGOS*
    • Preâmbulo
    • Desafio
  • DIMITRI CERVO, PEDRO E MARCELA*
  • RICARDO TACUCHIAN, MOSAICOS II*
  • ADRIANO GIFFONI, SANDRINO NO CHORO
  • OSWALDO CARVALHO, PAISAGENS CARIOCAS*
    • Estação Candelária
    • Estação Arcos da Lapa
    • Estação Feira de São Cristóvão
  • HEITOR VILLA-LOBOS, O TRENZINHO DO CAIPIRA
    • *Música dedicada ao Duo Santoro

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 83º

Grupo: DUO SANTORO – Violoncelos

Concerto: LANÇAMENTO DO CD “PAISAGENS CARIOCAS”

Data: 03/ago/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Trio Capitu na Série Música de Primeira.

20 de junho de 2017

A Série Música de Primeira traz no mês de julho o Trio Capitu.

Foto: Leo Aversa - Crédito obrigatório.Com nome inspirado na mais famosa personagem de Machado de Assis e formação original, o grupo reúne jovens musicistas, com experiências em grandes orquestras: Débora Nascimento (fagote), Janaína Perotto (oboé) e Sofia Ceccato (flauta). Bem recebido pela crítica e o público dos centros culturais e festivais espalhados pelo Brasil, desde que surgiu em 2012, o virtuoso e criativo Trio Capitu foi finalista do Prêmio da Música Brasileira de 2016, na categoria “Revelação”, pelo álbum de estreia, “Novos ventos”. Revigorando a música de câmara e reavivando a combinação singular de seus instrumentos, apresenta o rico repertório para esta formação e obras de novos compositores brasileiros, em arranjos especiais.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira nos meses de março a dezembro, apresentando concertos gratuitos com músicos e grupos com destaque nos cenários nacionais e internacionais.

Programa:

Anderson Alves                                               Divertimento para Trio (2011) – Variações

Joseph Haydn                                                   London Trio no.1

  • Allegro moderato
  • Andante
  • Finale – Vivace

Mário Tavares

I – Trio em forma de choro (1976)

II – Moda Antiga

III – Fughetta (Bate-papo a três)

Marcos Lucas                                                                                                  Ariel (2013)

I – Intrada

II –  Scherzo

III – Finale: dança

Tom Jobim (arr. Fernando Vilela)                                                            Chovendo na Roseira

Chiquinha Gonzaga(arr. Isaias Ferreira)                                Atraente/Lua Branca/Gaúcho

Pixinguinha (ar. Isaías Ferreira).                                               Lamentos

 

Serviço:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 82º

Grupo: TRIO CAPITU

Débora Nascimento (fagote)

Janaína Perotto (oboé)

Sofia Ceccato (flauta)

Data: 06/jul/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

 

SMP apresenta a pianista Lucy Ferreira Rempel.

16 de maio de 2017

Para este concerto Lucy Rempel preparou um repertório eclético, permeando entre obras clássicas e sacros tradicionais em arranjos próprios. Esta edição da Série Música de Primeira ocorrerá em 01 de junho de 2017, às 19:30h na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira entre março e dezembro, apresentando músicos de expressão no cenário brasileiro e mundial.

PROGRAMA

J. S. Bach (1685-1750) – Concerto Italiano

.Allegro

.Andante

.Presto

Phillip Paul Bliss (1838-1876) – Sou Feliz

William Steffe (1830–1890) – Vencendo vem Jesus

H. Oswald Il (1852-1931) – Neige!…

F. Liszt (1811-1886) – Estudo de Concerto n.3 – Un Sospiro

A. Showalter/G.Gershwin (1858-1924 / 1898-1937) – Descansando no Poder de Deus Piano e Clarineta

Márcio Pereira (1963 – ) – Meu Prazer Piano, violoncelo e violino

F. Chopin (1810-1849) – Polonaise n. 53 (Heróica)

 

Arranjos: Lucy Ferreira Rempel

Violino: Daniel Albuquerque

Violoncelo: Fábio Coelho

Clarinete: Batista Jr.

Histórico:

PIANISTA LUCY FERREIRA REMPEL Lucy é Mestre em Música (piano) pela UFRJ. Ao longo de sua carreira, tem se apresentado em importantes salas de concerto no Brasil, Austrália e Estados Unidos, além de aperfeiçoar-se com pianistas de renome na Inglaterra. No Brasil, recebeu significativos prêmios em diversos concursos nacionais e sul- americanos e atuou como solista de importantes orquestras como a Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da USP, Orquestra do Conservatório Brasileiro de Música, Orquestra Sinfônica de São José dos Campos, entre outras, sob a regência de maestros como Carlos Veiga, Ronaldo Bologna, e Roberto Duarte. Dentre as principais salas de concerto brasileiras onde tem se apresentado estão o Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Sala Cecília Meireles (RJ), Teatro da UFF (RJ), e Teatro São Pedro (Porto Alegre). Nos EUA, atuou como docente do curso de Piano da Universidade Pensacola Christian College (Florida). Na Austrália lecionou Piano na Somerton Baptist, em Adelaide, e nessa mesma cidade deu recitais solo em salas de concerto como o St. Mark’s College e Jurlique Recital Hall, além de diversos recitais divulgando seu CD . Sua atuação com grupos camerísticos inclui concertos com a violinista americana Mary Ann Moe, e a pianista russa Olga Lazareva (Piano a 4 mãos), além do trio Toccata com o fagotista Isaac Santana e o clarinetista Anderson Menezes. Além de concertista, Lucy é, também, arranjadora e professora de piano. Lançou 2 cds, e 4 livros de arranjos para piano de repertório sacro e, além da realização de uma turnê pelo sul do Brasil, tem dado recitais e ministrado cursos em diversas cidades brasileiras, alguns dos quais, em instituições como as Universidades Federal de Sergipe e Estadual da Bahia. Em sua tese de mestrado, desenvolveu intensa pesquisa sobre as relações da técnica de execução e o acometimento de danos ocupacionais no pianista e anos mais tarde lançou o livro ‘A Arte de Fazer Música sem Dor’ , onde adapta e desenvolve o assunto de sua tese. Dentre os pianistas com quem aperfeiçoou-se estão Míriam Grosman, Sônia Goulart, Gilberto Tinetti (Brasil), Daisy de Lucca (EUA), Stefan Ammer (Austrália), e Norma Fischer e Murray McLachlan (Inglaterra).

SERVIÇO:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 81º

Grupo: Lucy Ferreira Rempel 

Piano: Lucy Ferreira Rempel

Data: 01/jun/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrjoficial

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

DUO BARRENECHEA na 80ª edição da SMP em 4/mai.

14 de abril de 2017

Duo formado pelo casal BARRENECHEA se apresenta na edição 80 da Série Música de Primeira.

Foto duo_barrenechea_2012_8_rev

O Duo Barrenechea, formado pelo flautista Sérgio Barrenechea e por sua esposa, a pianista Lúcia Barrenechea, atua desde 1989 no Brasil e exterior, explorando o repertório para flauta e piano, incluindo a divulgação de música brasileira erudita e popular. Em 2014, o Duo Barrenechea completou 25 anos de atuação com o lançamento do DVD “Brasileiríssimo!”. Em 2008 já havia lançado seu primeiro CD “Momentos em Paris”, com repertório de compositores franceses. Tradicionalmente o Duo Barrenechea se apresenta com colaboração de outros importantes instrumentistas brasileiros e estrangeiros. Em outubro de 2009, Lúcia e Sérgio, como integrantes do Quarteto UNIRIO, participaram do concerto em comemoração aos 20 de relações diplomáticas entre Brasil e Vietnã na Ópera de Hanói e de masterclasses no Conservatório de Hanói-Vietnã. Em junho de 2010, o Duo Barrenechea foi contemplado com o Prêmio Circuito FUNARTE de Música Clássica, que consistiu na realização de uma turnê por 10 cidades brasileiras nas regiões Nordeste, Norte, Sudeste e Sul. O Duo realizou turnês nos EUA, em fevereiro de 2010 e setembro de 2012, se apresentando em Nova York, Elizabethtown-NY, Hartt School, Farnington-CT, Valdosta State University, Southern Mississipi University, Massachusetts University-Dartmouth, Northern Illionois University and Nicholls University. O Duo tem participado de vários eventos e encontros como o Iowa Flute Festival (1997), o Mississipi Flute Day (2010), o IV e o VIII Festivais Internacionais de Flautistas da Associação Brasileira de Flautistas – ABRAF (2000, 2008, 2011 e 2012), as várias edições do Curso Internacional de Verão de Brasília (2002 a 2011), 51o Festival Villa-Lobos (2013) e o 4º Encontro Internacional de Pianistas de Tatuí (2007). Em 2012, o Duo Barrenechea realizou concertos com o violoncelista Hugo Pilger em Portugal, Inglaterra, para lançamento do CD triplo “A Musica para Flauta de Francisco Mignone” produzido com apoio da UNIRIO e FAPERJ.

Em 2016, o Duo Barrenecehea se apresentou na Universidade de Artes Performáticas de Viana na Áustria, no XXXI Festival Internacional de Flautistas em Lima, Peru e na 44a Convenção Anual da National Flute Association em San Diego nos EUA.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, de março a dezembro, trazendo concertos e performances de alta qualidade musical, gratuitos, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

PROGRAMA:

Francisco Mignone (1897-1986)               Três Peças

  1. No Fundo do Meu Quintal (1945)
  2. Lenda Sertaneja nº 8 (1940)

III. Cucumbizinho (1930)

Philippe Gaubert (1879-1941)   Troisième Sonate (1933)

  1. Allegretto
  2. Très modéré

III. Joyeux: Allegretto

Aaron Copland (1900-1990)        Duo (1971)

  1. Flowing
  2. Poetic, somewaht mournful

III. Lively, with bounce

Mike Mower (n.1958)                                  Sonata Latino (1994)

  1. Salsa Montunate
  2. Rumbango

III. Bossa Merengova

SERVIÇO:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 80º

Grupo: Duo Barrenechea

Piano: Lúcia Barrenechea

Flauta: Sérgio Barrenechea

Data: 04/mai/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrj

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

Cláudio Thompson traz Arte Sacra ao piano na edição de abril da Série Música de Primeira.

17 de março de 2017

No mês de abril, a nossa Série Música de Primeira traz aos nossos ouvidos composições sacras clássicas do pós-reforma, numa releitura do pianista e arranjador Cláudio Thompson.

Este concerto promete trazer boas recordações aos corações saudosos do Cantor Cristão, ao mesmo tempo que irá construir momentos de belas lembranças aos que não o conhecem, mostrando a riqueza das composições em novos e criativos arranjos.

Os arranjos serão executados em piano solo, mas também teremos o acompanhamento de músicos já conhecidos de nosso público, como os virtuosos clarinetistas Batista Jr., Marcos Passos, Marcelo Ferreira, Jônatas Pereira, Rômulo Barbosa, flauta transversa e o pianista concertista Daniel Sanches.

A Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, de março a dezembro, trazendo concertos e performances de alta qualidade musical, gratuitos, nas dependências da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

PROGRAMA:

1) MANHÃ
Guilherme Kerr Neto (1953) e Tirza Rosa Silveira (1963), arr.: Cláudio Thompson 

Intérpretes: Batista Jr., clarinete Bb e Cláudio Thompson, piano

 

2) CADA INSTANTE
Sérgio Pimenta (1954 – 1987), arr.: Késia Decoté

Música incidental “Ao pé da cruz” de William Howard Doane (1832 – 1915)

Intérprete: Cláudio Thompson, piano

3) VAMOS BATALHAR
William Fiske Sherwin (1826 – 1888), arr.: Cláudio Thompson

Intérpretes: Batista Jr., clarinete Bb e Cláudio Thompson, piano

4) FELICIDADE NO SERVIÇO
Bentley DeForrest Ackley (1872 – 1958), Alfred Henry Ackley (1887 – 1960), arr.: Cláudio Thompson
adap. para quarteto de Clarinetes: Batista Jr.

Intérpretes:    Marcos Passos, clarinete Bb I, Marcelo Ferreira, clarinete Bb II, Jônatas Pereira, clarinete Bb III e Batista Jr., clarone

5) MEU AUXÍLIO
Sérgio Pimenta (1954 – 1987), arr.: Késia Decoté

Músicas incidentais: “Sonata do Luar” e “Ode à Alegria” [Tema da 9ª Sinfonia] de L. W. Beethoven (1770 – 1827)

Intérprete: Cláudio Thompson, piano

6) NOME PRECIOSO

William Howard Doane (1832 – 1915), arr.: Cláudio Thompson

Música incidental: “Nome que Inspira o meu Louvor” de William Rudd (séc. XIX)

Intérprete: Cláudio Thompson, piano

7) AMOR

Melodia tradicional inglesa, arr.: Cláudio Thompson 

Intérpretes: Cláudio Thompson, escaleta

Daniel Sanches, piano

8) SAUDADE

Stephen Collins Foster (1826 – 1864), arr.: Cláudio Thompson

Intérpretes: Rômulo Barbosa, flauta transversa e Cláudio Thompson, piano

9) PERDOA-ME, SENHOR

Hiram Rollo Jr. (1961), arr.: Cláudio Thompson

Intérprete: Cláudio Thompson, piano

10) ORAÇÃO PARA A NOITE

Compositor desconhecido, arr.: Cláudio Thompson

Intérprete: Cláudio Thompson, piano

 

SERVIÇO:

Série Música de Primeira – Temporada IX, Concerto 79º

Grupo: CLÁUDIO THOMPSON – Piano

Participações Especiais:

Clarone: Batista Jr.

Clatinetas: Marcos Passos, Marcelo Ferreira, Jônatas Pereira

Flauta transversa: Rômulo Barbosa

Piano: Daniel Sanches.

Data: 06/abr/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrj

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br

 

WINDSTOSS DUO abre a temporada 2017 da Série Música de Primeira.

20 de fevereiro de 2017

 

A Série Música de Primeira apresenta na abertura da temporada 2017, em 09 de março de 2017, o surpreendente WINDSTOSS DUO.

mar17-foto

WINDSTOSS DUO TROMPETE & PERCUSSÃO de música instrumental é formado pela percussionista Clarice Maciel e o trompetista André Lacerda. Os músicos são egressos do Instituto Villa-Lobos (Unirio) e foram finalistas no Concurso de Música de Câmara do Festival Villa-Lobos 2015. Em 2013, participaram do Festival Brasil-Alemanha sob a orientação do percussionista Isao Nakamura. Em 2016, Windstoss Duo foi um dos integrantes da programação do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF-RJ) pela série de concertos “Vitrine Musical”, foi segundo colocado na Seleção Tom de Classe 2016, da Casa de Cultura de Paquetá (RJ), além de participar da Série “Jovens Cameristas” realizada no Museu de Arte do Rio (MAR) pelo Festival Villa Lobos nesse mesmo ano. Sua formação é uma inovação principalmente no Brasil, no que se refere a música de câmara. Desta maneira buscam ampliar e divulgar o repertório através de composições para esses dois instrumentos. O seu programa traz obras que exploram o colorido desse universo com destaque para a peça “PROG #1” escrita especialmente para o Duo em 2015 pelo compositor Gilson Santos e o “Dança para pandeiro estilo brasileiro e oboé”, do compositor brasileiro Luiz D´Anunciação, onde fazem uma adaptação para trompete. Neste mesmo ano de 2016, Windstoss Duo firmou parceria com o grupo de compositores cariocas “Prelúdio 21” sob a direção de Sérgio Roberto de Oliveira, indicado ao Grammy Latino 2011 com apresentações na série de concertos do grupo, realizada no CCJF. Tocarão composições escritas especialmente para o Duo, expandindo assim o repertório de composições brasileiras para essa formação.

PROGRAMA DE CONCERTO WINDSTOSS DUO

* “PROG #1” – de Gilson Santos (1977-*)

* “Vignettes” – de James M. Stephenson (1969 – *)

* “Postcards” – Solo para Trompete – de Anthony Plog (1947 – *)

* “A Minut of News” – Solo para Caixa Clara – de Eugene Novotney (1960-*)

* “MacBeth and MacDonwald for Trumpet and Percussion” – David Jarvis (1954-*)

* “Dança para pandeiro estilo brasileiro e Oboé” – Luiz D´Anunciação (1926- *)

Em seu sétimo ano de atividade contínua, a Série Música de Primeira acontece toda primeira quinta-feira de cada mês, às 19:30h, nas dependências da Primeira Igreja do Rio de Janeiro, sempre com entrada franca e transmissão simultânea pela internet.

Venha desfrutar de boa música em ambiente saudável e histórico da cidade junto ao novo Centro do Rio de Janeiro.

SERVIÇO:

Série Música de Primeira

Grupo: WINDSTOSS DUO

Data: 09/mar/2017, quinta-feira

Horário: 19:30h

ENTRADA FRANCA

Local: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro (Tel.: 2197-0900)

Rua Frei Caneca, 525 – Estácio (Em frente ao Hospital da Polícia Militar)

De Metrô, acesso pela estação Estácio ou Pça. XI

Vagas para 20 carros no pátio da Igreja, sem exclusividade

Transmissão ao vivo: www.facebook.com/pibrj

Acompanhe a Série Música de Primeira:

www.musicadeprimeira.wordpress.com

http://www.twitter.com/musicaprimeira

http://www.facebook.com/seriemusicadeprimeira

www.pibrj.org.br